terça-feira, 31 de maio de 2011

RÁDIO. O abuso que a ditadura impôs (II)

Os discos censurados e danificados a mando do governo

Nos tempos da ditadura, os censores costumavam riscar faixas de discos que não se devia divulgar. Discotecário da Rádio Iracema à época, lembro-me dos caras riscando com uma chave de carro faixas como 'Pare de Tomar a Pílula', do Odair José ou 'Partido Alto', do Chico. 'Sinal Fechado' foi outro alvo da censura.

Era proibida a divulgação de toda e qualquer música de Geraldo Vandré. Com o Chico Buarque, houve até um caso interessante: o compacto simples 'Vai Passar' foi liberado e depois que a música estourou, o disco foi recolhido. A "Manga Rosa", do cearense Ednardo, foi censurada porque se alegava que a letra é alusiva à maconha.

Havia censura partida da própria emissora. A mãe do proprietário da rádio não gostava da música 'Geni' - "joga pedra na Geni, joga merda na Geni" - e, por isso, fomos orientados a não programá-la.

Nenhum comentário: