sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

NOTAS SOLTAS

Na TV Mais (canal 15 pela Multiplay), reencontramos a Maria Amélia Corkes. Ela apresenta o "Nossa Conversa", entrevistando pessoas ligadas ao mundo do empreendedorismo. 

Emissoras de rádio e TV vão se desdobrar em torno dos eventos carnavalescos e os retiros espirituais que se realizam durante o período. 

CELEBRIDADE. Mulher de Victor dá queixa de agressão

A esposa do cantor Victor, da dupla Victor & Leo, foi à polícia e prestou queixa contra o cantor nesta sexta-feira (24), em Belo Horizonte, Minas Gerais. Poliana Bagatini Chaves, de 29 anos, teria sido agredida pelo marido. Ela está grávida.
De acordo com o G1, Poliana disse à polícia que o sertanejo, de 41 anos, a jogou no chão e golpeou com chutes. De acordo com os policiais, a briga teria acontecido por motivos fúteis e a vítima teria sido impedida pela cunhada e por um segurança de sair do apartamento do casal após as agressões. Uma vizinha teria ajudado Poliana a sair do local.

O caso foi registrado na Delegacia Seccional Sul, mas encaminhado para a Delegacia de Mulheres de Belo Horizonte. Porém, a Polícia Civil informou que Poliana desistiu de prestar depoimento no local e não quis fazer exame de corpo de delito.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

CANTORA passa por saia justa em entrevista para TV Diário

Entrevista do repórter Vítor Sousa, da TV Diário de Fortaleza, com a cantora Joelma, deu o que falar na mídia nacional. É que ele fez perguntas, no mínimo, embaraçosas para a cantora .

O colunista Léo Dias, de O Dia-RJ, cita que, no início da conversa do repórter, parecia uma cantada. “Eu já vi em várias entrevistas suas você dizendo que prefere homens mais velhos, porém se eu a chamasse para tomar um açaí comigo, você topava?”. Joelma foi direta ao jovem rapaz: “Não”. 
E você acha que ele parou por aí? Ele ousou para a artista declaradamente evangélica: “Cama?” “Para dormir”, disse Joelma. “Sexo?” “Só se tiver amor”. Quando todos os limites pareciam superados, ele pergunta: “Beijo de língua, qual é o seu preferido?” Assustada, Joelma: “Esse menino tá que tá hoje gente!”
Mas o pior vem agora quando ele pergunta: “Mas aquele molhadinho rola ou você prefere quando a língua...” Joelma parou por ali: “Esse menino tá louco. O que eu faço com ele?”
Fonte: Léo Dias (O Dia-RJ)

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

FANZINE. Guabiras repassa o "Lixo Humano" a seus fãs


Se você correr ainda dá tempo de ganhar o número 1 da "Lixo Humano" do Guabiras. Eu falei ga-nhar!

Uma edição zipada com 30 páginas especialmente feitas pelo Guabiras só com a nata da humanidade!!!

Só basta deixar e-mail no post dele - AQUI - e garanta o que eu sei de há muito: o cabra é bom. Profissionalmente falando. Eu deixei o meu endereço. 

CURSO. Abertas inscrições para um essencial de marketing

Para quem se interessar estão abertas até sexta-feira, 24/02/17, inscrições para Curso de Mídias Sociais. Coordenado por Allinson Marques, objetiva orientar como gerenciar, planejar e monitorar as mais importantes redes sociais, aumentando e melhorando os resultados em marketing, vendas e comunicação. 


São 8 dias de muito aprendizado e compartilhamento de conhecimentos:

Mais informações e inscrições:
Fixo: (85) 3109-2282 / Oi: (85) 98669-2060
WhatsApp: (85) 99919-4756
www.mjcapacitacoes.com.br

DISCO. Roberto Carlos vai antecipar o Natal para abril

Vai ter nova música do rei Roberto Carlos em abril. O Natal vai chegar mais cedo esse ano.

(Do Twitter do César Filho)

DANÇA DAS CADEIRAS. Sai Hermano entra o Marcão no SBT


Trocar Hermano Henning pelo tal do Marcão do Povo, aquele que falou mal da Ludmilla na Record, foi a saída que o SBT encontrou para mudanças. O que você achou?

CHARGES. Quem é bom já nasce Clayton - politicalha


sábado, 18 de fevereiro de 2017

RÁDIO. Belchior responde com música sobre seu auto-exílio





A criação é minha e a edição musical é do Thiago Alves, da Tribuna Band News-fm.

DEU NO JORNAL. Guerra das tvs com o fim da analógica

O desligamento da TV analógica em São Paulo abriu uma guerra comercial entre as emissoras Record, SBT e RedeTV! e operadoras de TV paga. Caso elas não cheguem a um acordo, os 18,8 milhões de assinantes das operadoras correm o risco de não ter os três canais em sua grade de programação quando o sinal analógico for desligado.
Pessoas envolvidas nas negociações dizem que a Simba, empresa criada pelas três emissoras para negociar seus canais digitais abertos, quer cobrar das operadoras R$ 3 mensais por assinante. Isso representaria um custo anual de R$ 700 milhões e 5% de alta no preço dos planos.
A tendência das operadoras é tirar os canais. Eles continuariam a ser captados pelo receptor digital, mas fora da grade.
A lei que regulamenta o sinal digital não obriga as operadoras de TV paga a oferecer os canais. Essa obrigação só existe em locais onde o sinal ainda é analógico (nesse caso, as emissoras não podem cobrar pelo sinal aberto).
A criação da Simba foi aprovada em 2016 pelo Cade, que entendeu a iniciativa como uma forma de compensar o poder da Globo, que detém 30% da audiência (TV paga e aberta). As três emissoras têm 20%.
SBT, Record e RedeTV! dizem ser responsáveis pela maior parte da audiência na TV paga e, nos canais abertos, estão perdendo receita. Afirmam ainda que a Globo já é remunerada pelas operadoras de TV paga. As teles negam. Afirmam que pagam pelos conteúdos exclusivos da Globo e inserem o sinal aberto sem pagar por ele.

FONTE: Folha de SP

JORNAIS. A volta às bancas do impresso Jornal do Brasil

Deu na Folha: O "Jornal do Brasil" vai voltar às bancas. A afirmação é do empresário Omar Peres, que fechou neste mês negócio com Nelson Tanure, antigo controlador da empresa.

O objetivo é vender diariamente cerca de 30 mil exemplares do "novo JB", um dos marcos do jornalismo brasileiro dos anos 1950 até os anos 1990.

Inicialmente, a publicação terá dois cadernos, um com 16 páginas e outro com seis, e aos domingos ganhará uma edição ampliada com 24 páginas no primeiro caderno.

VIOLÊNCIA. Repórter assaltada durante transmissão ao vivo

Nesta sexta-feira (17), durante um programa ao vivo, a repórter da CBN São Paulo Larissa Calderari foi assaltada no Centro da capital paulista.
A jornalista teve o celular roubado enquanto o usava para ler o texto que dizia no ar. O local onde ocorreu o assalto fica na mesma rua da Secretaria de Segurança Pública.

Em nota, a Associação das Emissoras de Rádio e Televisão (ABert) condenou a ação sofrida pela profissional.

“A Abert repudia todo e qualquer tipo de violência contra o cidadão, em especial, jornalistas no exercício da profissão e pede às autoridades locais mais segurança para a imprensa e a apuração do ocorrido”, declarou a entidade.

(Notícia ao Minuto)

JORNALISMO. Colunismo social lido com ajuda de "translate"



Antenor Ripardo de Oliveira, leitor do blog residente na Maraponga, nos envia recorte (preferi esse ao termo "print") para estranhar o excesso de expressões inglesas usadas por alguns colunistas sociais. Fosse vivo (no lado de cá), Monteiro Lobato diria que é típico dos países colonizados. "Para se ler esse pessoal tem que estar com um dicionário de lado" completa Antenor. 

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

CELEBRIDADE. Luciano Huck condenado por apropriação

Nesta quarta-feira (15), o MPF (Ministério Público Federal) enviou um pedido à Justiça para manter condenação do apresentador Luciano Huck, por “se apoderar de um bem da sociedade” em sua casa em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.
Segundo o Radar Online, da revista 'Veja', o MPF quer manter a multa de R$ 40 mil ao apresentador da Globo por fazer uma cerca que fica próxima a sua residência na Ilha das Palmeiras, em Angra. Huck foi condenado em segunda instância, mas recorreu ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) para rediscutir sua punição.

Huck chegou dizer que a estrutura era para atividade de maricultura (criação de plantas ou animais marinhos), porém foi contestado pelo MPF, que afirmou que era apenas um pretexto para poder se apoderar de um bem comum social, o que é proibido por lei. 

Em 2011, a determinação da Justiça Federal era para que Huck desmontasse as cercas e pagasse uma indenização por danos materiais e imateriais, além de multa diária em caso de descumprimento da decisão.
Ainda de acordo com a publicação, a Procuradoria Regional da República da 2ª Região, em manifestação ao STJ, defendeu que o recurso de Huck seja rejeitado por tratar-se apenas de medida de inconformismo, resultado de sua insatisfação com a sentença da Justiça. Para o órgão, o fato do delito e sua pena já terem sido discutidos e confirmados pelo juiz de primeira instância e pelo Tribunal Regional Federal (TRF-2ª Região) invalida a pretensão do condenado de tentar alteração na sentença.

Fonte: Notícia ao Minuto

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

PESQUISA. Quem passa mais tempo em frente à televisão

Telespectadores com mais de 60 anos são os que passam mais tempo em frente à televisão, consumindo uma média de 8 h de conteúdo por dia, segundo estudo do instituto alemão GfK.
Em 2º lugar no ranking, com média diária de 7 h e 25 minutos, estão adultos de 18 a 59 anos. As crianças de 4 a 11 anos ficaram em 3º na tabela, com média de 7 h e 8 minutos, e, por último, vêm os adolescentes de 12 a 17 anos (6h e 25 minutos).
A pesquisa foi feita com base em dados dos últimos seis meses aferidos em 15 regiões do país, num universo de 70 milhões de pessoas.
No grupo de mais de 60 anos (um total de 10,135 milhões), 50% assistem à televisão sozinhos.
Os gêneros com maior alcance entre esse público são jornalismo, novela e programas de auditório, para os homens, e novela, jornalismo e filmes, para as mulheres.
As maiores médias de consumo por telespectadores acima de 60 anos estão no Rio, em Salvador e Florianópolis, com mais de 8 h diárias.
ORIGINAL: Outro Canal, Lígia Mesquita

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

MEMÓRIAS DO BLOG. A entrevista ficcional com Belchior


Uma entrevista ficcional com Belchior fazia sucesso aqui no blog em agosto de 2009. Resolvemos reprisá-la para lembrar Belchior que nunca será esquecido. 

Está todo mundo comentando no rádio, tv, na Internet (Twitter, só deu isso hoje) o sumiço do cantor Belchior. 


Quem melhor para falar de Belchior, senão o próprio Belchior - através de suas palavras que a gente aprendeu a cantar. O GENTE DE MÍDIA aproveita a situação e entrevista ficcionalmente o cantor para saber se tudo está ao seu 'bel' prazer. 

GdM - Por onde você andou rapaz?
- Se você vier me perguntar por onde andei, amigo, eu me desesperava. [...] Estava mais angustiado que um goleiro na hora do gol (3). Sei que, assim falando, pensas que esse desespero é moda [...] mas ando mesmo descontente. Desesperadamente. (1)

GdM - O Fantástico disse que você anda sumido de tudo e de todos...
BEL - Há tempo, muito tempo que eu estou longe de casa e nessas ilhas cheias de distância.

GdM - Sua família tem conhecimento e aprova essa sua atitude?
BEL - Meu pai não aprova o que eu faço. Tampouco eu aprovo o filho que ele fez.(10)

GdM - Mas deve ter um motivo?
BEL - Quero lhe contar como eu vivi e tudo o que aconteceu comigo (4)

GdM - O problema, realmente, é que você está sem dinheiro?
BEL - Sem dinheiro no banco, sem parentes importantes...(2)

GdM - A matéria da Globo diz que você está deprimido. Seria com o sucesso desses forrozeiros que ocupam hoje o espaço do 'Pessoal do Ceará'?
BEL - Eles venceram e o sinal e está fechado prá nós. (4)

GdM - Você sempre foi uma pessoa alegre e criativa e por que se deprimir assim?
BEL - Quando eu não tinha o olhar lacrimoso, que hoje eu trago e tenho; [...] eu era alegre como um rio, um bicho, um bando de pardais; [...] Mas veio o tempo negro e, à força, fez comigo o mal que a força sempre faz. (12)

GdM - Mas vocês [ do Pessoal do Ceará ]tem uma história a preservar na Música Cearense...
BEL - Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo, tudo, tudo, tudo o que fizemos, ainda somos os mesmos... (4)

GdM - Dá pra se perceber que você tem medo de alguma coisa no Brasil. É verdade?
BEL - Eu tenho medo de Belo Horizonte; Minas Gerais, Natal, Vitória, Goiânia, Goiás. Eu tenho medo Salvador, Bahia; eu tenho medo Belém do Pará; eu tenho medo pai, filho, Espírito Santo, São Paulo; eu tenho medo um Rio, um Porto Alegre, um Recife; eu tenho medo Paraíba, medo Paranapá; eu tenho medo Estrela do Norte, paixão, morte é certeza. Medo Fortaleza, medo Ceará (8)

GdM - Para acabar com esse medo, você precisa cantar. O PT tem contratado muitos artistas para shows públicos. Você aceitaria?
BEL - Aquela estrela é bela. (11) Qando eu estou sob as luzes não tenho medo de nada(9)

GdM - Aqui entre nós e os internautas, estou sentindo que isso é uma jogada de marketing, ou não?
BEL - Você não sente nem vê, mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo, que uma nova mudança em breve vai acontecer (7)
(01)A Palo Seco; (02) Apenas Um Rapaz Latino Americano; (03) Divina Comédia Humana; (04) Como Nossos Pais; (05) Medo de Avião; (07) Velha Roupa Colorida; (08) Pequeno Mapa do Tempo; (09) De Primeira Grandeza; (10) Lira dos Vinte anos; (11) Mucuripe; ((12) Galos, Noites e Quintais; (13) Almanaque.

LEITURAS INTERESSANTES. Do excelente site Yorokubu

chernobil ensinou que o homem cria monstros que estão além de seu controle e, antes deles, a única defesa é a retirada. A explosão do reator, que deixou uma ameaça invisível na terra forçou os russos a fugirem. Há também chernóbiles virtuais; elas não matam, mas agitam os estados. Como esse exemplo: as autoridades holandesas decidiram voltar a contagem manual dos votos em suas próximas eleições. Com medo dos hackers, completaria eu.

Esse será o método de triagem para o medo de que ataques cibernéticos russos pode interceder no resultado da eleição.
A democracia é um jogo delicado, a mera sombra de suspeita sobre as eleições podem motivar ondas de suspeita e vingança. A melhor coisa para os executivos holandeses é a raiz.
Essas fugas virtuais não são novas questões de segurança nacional. Em 2013, a Rússia decidiu tirar a poeira das máquinas de escrever tradicionais: deu uma ordem de despesas de cerca de 15.000 € para adquirir esses dispositivos que são dados como mortos e não mais encontrados nas lojas. Na verdade, antes dessa iniciativa, elas já eram usadas nos departamentos de Defesa e notas confidenciais de emergência. 

CELEBRIDADES. Solange vira solo mas jamais sozinha

Os jornais relatam que a cantora Solange Almeida resolveu mudar não apenas em sua vida profissional, lançando sua carreira solo, mas na vida pessoal, começando uma relação com Leandro Andriani.
O namorado da cantora deixou sua ex-namorada para ficar com Solange. Mas o que agrava realmente a situação, é o fato de que a moça largada por Leandro está grávida dele, e não tem gostado nem um pouco de ver seu ex-namorado desfilando para cima e para baixo com sua nova namorada, enquanto ela está se virando na gravidez.

FALANDO NISSO 


O cantor Xand Avião, líder da banda Aviões do Forró, vai desfilar com o bloco Unidos da Cachorra no chão no pré-carnaval de Fortaleza. A apresentação faz parte da programação do Ciclo Carnavalesco de Fortaleza e será durante o desfile do Unidos da Cachorra neste sábado (18), último fim de semana de Pré-Carnaval de 2017.

CENSURA. A volta da velha senhora nos tempos temerianos

Hoje, quando o Planalto censura a imprensa - Folha de SP, por conta de reportagem sobre primeira dama - é bom lembrar que essa velha senhora, já teve dias terríveis no passado. Hoje, basta dizer, é impossível acreditar. Mas em tempos de golpes, ela mostra sua força. 

Exemplo de outros tempos que a gente pensava fossem do passado:


A capa da revista censurada por causa da estátua nua


Um dos casos incríveis de censura narrados pela autora do livro 'Veja sob censura' é o da capa da edição nº 222, de 7/12/1972. Com o título "Em Nome da Lei", a revista trazia foto do presidente do STF, Aliomar Baleeiro, na praça dos Três Poderes. Ao tomar conhecimento, os censores amaeaçavam de recolher caso a revista publicasse.

"Segundo os agentes da PF, a informação que tinha recebido era a de que a capa estava provocando a Justiça, devido a foto de Baleeiro com uma tal mulher nua. Logo, a editora concluiu que havia algum informante da própria Polícia Federal na gráfica [...] que tinha visto a cópia da capa: a tal mulher nua nada mais era do que a própria estátua da Justiça".

RÁDIO. O abuso que a ditadura impôs 


uma capa para para tirar um sarro com a censura

Alguém saberia dizer o que vem a ser essa foto da capa do disco 'Todos os olhos', do baiano Tom Zé? Pelo que sugere o título, poder-se-ia dizer que seria um olho, mas não é. Uma boca segurando uma bola de gude. Também não.

Na verdade, trata-se da fotografia do ânus de uma prostituta contratada pelo autor de 'São Paulo, mon amour' e fotografado por um amigo. A capa era para fazer frente ao rigor da censura. E, acreditem, passou.

BLOGS. Mouse ou Menos entre os 10 mais acessados


DEU NO JORNAL. Dedé Santana fora do novo Trapalhões

A Globo está empenhada em fazer a nova temporada de "Os Trapalhões", que foi o maior sucesso na década de 80. Mas Dedé Santana, de 81 anos, pode ser o calo no sapato da emissora. Um amigo do humorista confidenciou à coluna que Dedé não quer ceder a marca para a Globo. "Ele está parado, sem contrato e precisa ganhar dinheiro. Ele não quer liberar o nome artístico quase de graça", contou. 
A coluna entrou em contato com Dedé, que não quis falar sobre o assunto. "Não posso te adiantar nada. Por enquanto, eu não fui consultado. Acho melhor você consultar a Globo", afirmou o humorista. A Globo já definiu os nomes dos outros três trapalhões: Mumuzinho será Mussum, Lucas Veloso vai interpretar o Didi e Tadeu Mello será o Zacarias. Dedé disse quem ele gostaria de ver no lugar que um dia foi seu: "Se eu tivesse de escolher alguém para fazer o Dedé, com certeza escolheria o André Marques. Ele tem o raciocínio rápido e para segurar esses três companheiros tem que ser muito rápido". 
Procurada, a Globo disse que "o especial dos 'Trapalhões' é um projeto em desenvolvimento e as negociações seguem como sempre".
(Coluna Léo Dias)

JORNAIS. Leitora fala de troca de foto em O Globo


Alguém trocou as bolas - digo, as fotos - na informação sobre show do Chico Buarque de Hollanda com Alcione. Saiu mesmo foi a foto de Maria Bethânia. (Leitora Ana Simões de Souza - Fortaleza)

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

TV. Evelyn Ferreira entra de férias do Sistema Verdes Mares


A excelente repórter Evelyn Ferreira entrou de férias do Sistema Verdes Mares, onde vem se destacando pela maturidade com que se aplica ao seu trabalho no "Bom Dia, Ceará".

RÁDIO. Ceará Rádio Clube lembra dia mundial do 'sem fio'



O dia mundial do rádio é efeméride pouco lembrada pelos que militam no meio. Mesmo assim, vi nas redes sociais a postagem de um fã lembrando a importância do pioneirismo de emissoras como a Clube de PE (fundada em 1919) e a Ceará Rádio Clube em 1934. 

domingo, 12 de fevereiro de 2017

NOMES. Morre em Nova York o cantor Al Jarreau

O cantor Al Jarreau morreu neste domingo aos 76 anos, em Los Angeles. O artista vinha sofrendo de exaustão, segundo informações do site VVN Music.
Jarreau se despede no dia da entrega do Grammy, prêmio que venceu sete vezes durante sua carreira.

Entre os sucessos de Al Jarreau estão "Mornin'," "After All e "We're In This Love Together". 
Em 1985, ele tocou para mais de 200 mil pessoas na primeira edição do Rock in Rio, festival ao qual voltou em 2015, e tocou ao lado de Marcos Valle.

NOMES. Vítima de enfarto, morre radialista Paulo Luz

E tomo conhecimento da morte física do Paulo (Sérgio) Luz, que militou no rádio FM. Ele faleceu na tarde da última sexta vitimado por um ataque cardíaco quando chegava à cidade de Sobral.

Dele fala o divulgador Everardo Silva, o Vevé: "Como profissional de comunicação Paulo Luz me deu muita força nas minhas divulgações. Acredito que ele foi um dos primeiros profissionais a levantar a bandeira de uma Fm Alternativa na nossa Fortaleza ao lançar a Fm Titan que marcou época nos anos 80 e 90 aqui em Fortaleza".