segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

CONSUMIDOR. Onde o SAC não funciona

.
Os órgãos de comunicação, formadores de opinião e principais difusores das regras de boa conduta em relação ao consumidor, muitas vezes, dão os piores exemplos de como não proceder em relação ao SAC- Serviço de Atendimento ao Consumidor. Um exemplo disso está na página online do Diário de SP, hoje, onde duas assinantes reclamam da falta de entrega do jornal e o atendimento ao cliente. 

E esse tipo de desinformação não se restringe a esse órgão de imprensa não. Tente ligar para um jornal num domingo ou feriado e você ficará decepcionado com o atendimento. Quase sempre, o serviço está entregue a pessoal de segurança - terceirizado - que não detém nenhuma orientação de como atender bem ao cliente, principalmente num setor como o da comunicação. 

Eu próprio já liguei para o local do meu trabalho interessado em falar com uma pessoa e o guarda simplesmente me atendeu de forma ríspida e ao citar que era Nonato Albuquerque que estava falando, ele disse várias vezes que o Nonato estava de folga. Tentei me explicar melhor, mas aí ele simplesmente bateu o telefone. . 

Nenhum comentário: